Com a nova diretoria, o Botafogo deve passar por algumas modificações. O técnico Vagner Mancini, por exemplo, ainda não sabe se vai continuar no clube, já que o presidente Carlos Eduardo Pereira ainda vai negociar a sua permanência. O Bota vai apresentar um novo contrato ao treinador, o que deve resultar numa redução salarial por conta da grave crise financeira que atravessa o clube. Alguns nomes para assumir o comando alvinegro já foram especulados, mas nada se concretizou. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o lateral-direito Régis comentou sobre esta situação e afirmou que gostaria que Mancini permanecesse no Alvinegro.

“Eu tenho minha opinião. Por uma série de fatores que ocorreram no decorrer do ano o Mancini teve que ter vários tipos de cuidados fora do campo. Ele é um profissional que merece ser analisado dentro do campo. O Mancini contou com demissões de jogadores. Ele passou por muitos problemas e não conseguiu se entregar completamente no campo. Na minha visão, ele fez um bom trabalho, tem suas qualidades, mas a direção que tem o poder de definir se ele fica ou não” – disse.

O lateral-direito Régis tem contrato com o Botafogo até setembro de 2015. Ele se mostrou com vontade de jogar a Série B do Campeonato Brasileiro, mas preferiu adotar um discurso cauteloso.

“Eu tenho contrato até setembro. Com essa mudança de diretoria, ficamos na expectativa de quais decisões essa nova direção vai tomar. A partir do momento que eles precisarem de mim, vou de braços abertos. Fui muito bem recebido, e aqui eu me sinto à vontade para realizar o meu futebol” – finalizou.

Lembrando que o Botafogo ainda entra em campo nesta temporada. O Glorioso enfrenta o Atlético-MG, domingo, às 17h, no Mané Garrincha, em Brasília, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Site da Rádio Tupi