O lateral-direito Régis chegou ao Botafogo no fim de setembro, vindo da Portuguesa. Assumindo o lugar de titular, após a dispensa de Edilson, o jogador participou dos últimos jogos que selaram o rebaixamento do Alvinegro. Apesar da campanha ruim, o atleta acredita que o Glorioso deve manter o treinador Vagner Mancini no comando do clube carioca.

“Não sabemos se ele vai ficar ou não. Na minha opinião pessoal, ele merece ser analisado do que houve em campo. Houve vários problemas como lesões, dispensa de jogadores. Acho que ele merece mais uma chance por todos os problemas que aconteceram no Botafogo durante o ano”, afirmou.

O rebaixamento confirmado no domingo contra o Santos abalou bastante Régis. O jogador contou que não conseguiu passar bem os últimos dias, mas afirmou que apesar das dificuldades, os jogadores de futebol devem saber passar por momentos como este.

“Eu particularmente não dormi nos últimos dois dias. É dificil porque a nossa profissao é complicada. A gente se dedica, sente dor, às vezes, joga com dor. No momento tempos que estar perto dos familiares para depois trabalhar para trazer o Botafogo de volta para a elite do Brasileiro.”, concluiu.

Fonte: O Dia Online