Emerson carrega nas costas o peso da confiança do experiente Ricardo Gomes. O jogador, de apenas 21 anos, voltou ao time titular nesta quinta-feira, na vitória por 1 a 0 sobre o Juazeirense, após quase um mês afastado dos gramados por conta de uma lesão. A coxa direita tem sido o grande tormento do zagueiro neste ano – em março, teve de ficar um mês sem jogar por conta de uma lesão, que se repetiu em abril, logo após o seu retorno. Apesar das dificuldades, o técnico do Alvinegro deposita toda a confiança no jovem, mesmo pedindo cautela no seu retorno ao campo.

“Ainda bem (que ele voltou). Esse fez falta. Tem categoria, vamos ver recuperação. Se estiver bem, já pensando no Sport é uma boa opção. Pedi para não cobrar falta, não pode ter pressa nessa altura. Ele tem a qualidade de cobrança, mas não vamos correr riscos desnecessários”, analisou Ricardo Gomes, que não escondeu a insatisfação com a atuação do Botafogo:

Pela frente, na Copa do Brasil, o Alvinegro terá de encarar o Bragantino, que se classificou eliminando o Avaí da competição. O comandante da equipe de General Severiano já ligou o alerta para a disputa.

“Conheço Bragança de quando morei em São Paulo. Normalmente, é um time arrumado. É difícil jogar lá. Muito difícil”, disse.

Antes de voltar a disputar a competição, o Botafogo precisa trocar o chip para disputar o Campeonato Brasileiro. Em busca da primeira vitória no retorno à Série A, após a derrota para o São Paulo na estreia, o Alvinegro enfrenta o Sport, no domingo, às 18h30, na Ilha do Retiro.

Fonte: O Dia Online