Apesar de ser um dos desfalques do banco de reservas do Cruzeiro na partida diante do Botafogo, na noite desta quarta-feira, às 21h45, por estar suspenso, o técnico Paulo Bento reencontrará nos corredores do Estádio Nacional Mané Garrincha um antigo conhecido dos tempos de Benfica. O comandante celeste atuou ao lado de Ricardo Gomes, técnico do adversário, durante a temporada de 1995/96 do futebol português.

Foram 33 jogos juntos, com 22 vitórias, 6 empates e 5 derrotas. Os duelos foram válidos por Taça UEFA, Campeonato Português, Troféu Teresa Herrera e Taça de Portugal, torneio em que foram campeões (veja lances da partida decisiva no vídeo abaixo). A dupla teve aproveitamento de 72,7% com a camisa do Benfica.

Gols em vitória de virada

Zagueiro e volante, Ricardo Gomes e Paulo Bento já definiram uma partida para o Benfica. Ambos marcaram gols na vitória de virada sobre o Farense, no Faro, no dia 16 de dezembro de 1995, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Português. Veja a ficha deste confronto abaixo.

Depois daquela temporada, o atual técnico do Botafogo se aposentou dos gramados. Paulo Bento, no entanto, seguiu a carreira e se transferiu para o Real Oviedo, da Espanha. O brasileiro iniciou a trajetória como técnico no ano seguinte, no comando do Paris Saint-Germain. O português ainda demorou um pouco para chegar ao banco de reservas: em 2005, ele assumiu o Sporting.

FARENSE 1 x 3 BENFICA (vitória com gols de Ricardo Gomes e Paulo Bento)

Farense
Peter Rufai, Eugénio (Mauro), Jorge Soares, Camilo, Luís Miguel, Helcinho, Hajry Redouane, Paiva, Carlos Costa, Cacioli, Tozé (Christian). Técnico: Paco Fortes

Benfica
Michel Preud’homme, Ricardo Gomes, Hélder, Pedro Henriques, Dimas, Marinho, Paulo Bento, João Vieira Pinto (Luiz Gustavo), Valdo, Hassan Nader, Edgar (Kenedy). Técnico: Mário Wilson}

Gols:
Redouane Hajry (13min, Farense)
Ricardo Gomes (34min) Paulo Bento (56min) e João Vieira Pinto (82min)

Cartões amarelos:
Jorge Soares, Camilo e Paiva (Farense);
Hélder, Marinho, Paulo Bento, João Vieira Pinto, Edgar (Benfica)

Data: Sábado,  16 de dezembro de 1995
Hora: 20h45
Local: Estádio de São Luís, Faro
Público: 10.000
Motivo: 14ª rodada do Campeonato Português 1995/96
Árbitro: Bento Marques (POR)

LANCES DE BENFICA 3 x 1 SPORTING, final da Taça de Portugal de 1995/96



Benfica
Michel Preud’homme, Ricardo Gomes (expulso), Hélder Cristóvão, Dimas, Kenedy (Ilian Iliev), Paulo Bento, Bruno Caires (Marcelo), João Vieira Pinto (C), Valdo, José Calado, Mauro Airez (Paredão).
Técnico: Mário Wilson

Sporting
Costinha, Luís Miguel, Noureddine Naybet, Nélson Alves, Marco Aurélio, Pedro Martins (Carlos Xavier), Luís Vidigal, Emílio Peixe (C) (Paulo Alves), Afonso Martins, Ricardo Sá Pinto, Ivaylo Yordanov (José Dominguez)
Técnico: Octávio Machado

Gols:
Mauro Airez (9min), João Vieira Pinto (39 e 67min) – Benfica
Carlos Xavier (83min), de pênalti

Cartões amarelos:
Mauro Airez (Benfica)
Emílio Peixe (Sporting)

Cartão vermelho: Ricardo Gomes (Benfica)

Sábado 18 de Maio 1996
Hora: 17h00
Local: Nacional do Jamor (Oeiras)
Público: não divulgado
Motivo: final da Taça de Portugal
Árbitro: Vítor Pereira (POR)

Fonte: Superesportes