Roberto Miranda faz 70 anos e lembra com carinho do Botafogo

Compartilhe:

O ex-atacante Roberto Lopes Miranda, mais conhecido como Roberto Miranda, nasceu em São Gonçalo, no dia 31 de julho de 1943, e hoje completa 70 anos. Vendaval, como era conhecido pela forma como passava pelas defesas adversárias, atuou no Botafogo de 1962 até 1972, ainda teve uma rápida passagem pelo Flamengo em 1971, e jogou no Corinthians de 1973 a 1976, mas seu clube de coração era mesmo o Glorioso. Ele falou com exclusividade na Super-Rádio Tupi, e comentou o bom momento vivido pelo alvinegro no Campeonato Brasileiro. 
 
“Esse time do Botafogo é muito bom. O problema é que o Botafogo está disputando duas competições, o Campeonato Brasileiro, e a Copa do Brasil. Acho que tem que ter elenco suficiente para poder poupar alguns titulares. Jogando duas vezes durante a semana, isso prejudica um pouco o time, por isso acho que o Botafogo cedeu um pouco no dia do jogo com o Flamengo, pelo cansaço, porque jogar duas vezes não é fácil.” 
 
O ex-jogador não esconde o carinho pelo Botafogo, clube por onde atuou em 351 partidas, e marcou ainda 152 gols. Ele comentou sua vida vivida no clube desde garoto. 
 
“Não tenha dúvida, sou botafoguense. Eu vivi em baixo de arquibancada, fui garoto para o Botafogo, joguei no juvenil durante três anos, depois estudei ali perto. Minha vida foi toda ali, então meu carinho foi enorme.”
 
No seu aniversário de 70 anos, relembra com carinho a Copa do Mundo de 1970 conquistada com a Seleção Brasileira. Apesar de ter entrado em apenas duas partidas, foi sua maior conquista.  
 
“Todos os meus amigos me ligam e dizem que vou fazer 70 anos, e lembram da Copa de 70. É uma data muito linda para mim.”
 
Roberto Miranda é o 9º maior artilheiro da história do Botafogo, com 154 gols, e foi ainda o artilheiro do Campeonato Carioca de 1968. Pela Seleção Brasileira, fez 18 partidas e marcou 9 gols. 


Fonte: Site da Rádio Tupi
Comentários