Na volta aos treinos depois da derrota para o Bahia no último sábado, em pleno Estádio Nílton Santos, Rodrigo Pimpão comentou o momento difícil do Botafogo fora de campo, com dois meses de salários atrasados. O atacante falou em tom de cobrança, mas lembrou que não é algo normal no Alvinegro.

— É meu trabalho vir aqui, dependo disso. Sou experiente, mas minhas contas não esperam, têm validade. Estou no Botafogo há quatro anos e nunca aconteceu antes, não posso reclamar do clube — afirmou ele.

Na última semana, o Botafogo aprovou adiantamento de parte das cotas de televisão do Campeonato Estadual de 2020 e 2021. A previsão é que o dinheiro entre até o fim do mês e seja usado para pagar os salários.

Com o revés em casa no fim de semana, a equipe — em 13º na tabela — perdeu boa chance de se afastar da zona de rebaixamento. Agora, o Alvinegro se prepara para encarar o Atlético-PR no sábado, na Arena da Baixada.

— Não dá para lamentar. Precisamos agir e deixar para trás o que passou. Sabemos das nossas obrigações — afirmou Pimpão, prometendo dedicação: — Não têm explicações para o que está acontecendo, mas o grupo trabalha duro para que as coisas aconteçam.

Fonte: Extra Online