Com contrato até dezembro e negociações difíceis para renovar, o lateral-direito Marcinho não deve ficar no Botafogo para a próxima temporada. Durante a última semana, Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê executivo de futebol do clube, deu declarações fortes sobre o comportamento do jogador e de seu staff. Nesta terça, Ricardo Rotenberg, outro membro do comitê, saiu em defesa do lateral.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

– Tudo o que o Montenegro falou é verdade. Mas tem o outro lado. O Marcinho teve um problema no joelho no ano passado, outro esse ano, e de muleta e tudo, operado, nunca deixou de comparecer a um jogo para assistir, nunca deixou de ir nos vestiários antes e depois dos jogos. É um dos jogadores mais queridos do elenco. Não acho que ele queira sair, é um atleta de nível intelectual bastante alto, de boa índole, bom profissional. Existe um certo entendimento de que possa ser a hora de ele mudar de ares. Vamos tentar encontra uma boa solução para ele e se tiver que sair, que seja feliz – disse Rotenberg, ao Canal do TF.

Rotenberg também disse que o Botafogo está à procura de um jogador para a posição de Marcinho, que se recupera de cirurgia e tem retorno previsto para os gramados para o segundo semestre. Atualmente, além dele, o clube conta com o jovem Fernando, o uruguaio Federico Barrandeguy e Warley, que pode também atuar mais à frente, como ponta-direita.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF