A destrasosa atuação da dupla de zaga formada por Emerson e Renan Fonseca contra o Cruzeiro na derrota por 5 a 2 ainda ecoa nos corredores de General Severiano. No dia seguinte da goleada, Sassá teve o dever de tentar explicar o que aconteceu na Arena Botafogo na quinta. Para o atacante, o momento não é de apontar falhas e sim seguir em frente na temporada.

“Eu converso bastante com o Emerson e falei com ele na segunda: “Você fez um grande jogo contra o Atlético-PR.” E esse jogo contra o Cruzeiro foi uma infelicidade. Mas a gente confia no Renan, no Emerson e queremos que no domingo essa reação venha”, afirmou Sassá.

Além de tentar tirar o foco dos companheiros de equipe, Sassá fez questão de lembrar que o Botafogo não tempo para lamentar a derrota já que no domingo encara o Grêmio, pelo Brasileirão.

“Esse jogo foi atípico. A partida estava boa para a gente. Veio o segundo tempo e aconteceu aquilo. Complicado, ninguém gosta. Mas o time não tem tempo para lamentar.”

Fonte: O Dia Online