O ano foi muito positivo para a equipe sub-20 do Botafogo. Campeão do Campeonato Carioca e Brasileiro, este inédito na história do Alvinegro, o time chegou perto de conquistar a Copa Ipiranga RS, mas perdeu nos pênaltis para o São Paulo.

Um dos destaques do time na competição, Fernando Costanza, lateral direito titular do Botafogo no torneio, concedeu entrevista exclusiva ao Esporte Interativo. Feliz pela atual fase, o jogador comentou a oportunidade de ter chegado à final da Copa Ipiranga RS e lamentou ter perdido o título nas penalidades máximas.

“Foi uma final que a gente acabou perdendo nos pênaltis. No tempo normal foi empate, chegamos a final e, infelizmente, não conseguimos ser campeões. Pênalti é isso, difícil saber quem vai ganhar e nem sempre o melhor vence. É um campeonato internacional e isso acaba dando mais visibilidade para a gente”.

Fernando em campo com a camisa do Botafogo (Foto: Assessoria)
Fernando em campo com a camisa do Botafogo (Foto: Assessoria)

Confira abaixo a entrevista completa com Fernando Costanza:

Sonha em chegar ao elenco profissional do Botafogo?

O meu objetivo é chegar no profissional do Botafogo, como eu disse. Eu chegando no profissional certamente vou querer renovar o contrato de novo. Eu acredito que eu posso vir a ajudar a equipe profissional do Botafogo. Estou trabalhando forte para evoluir no futebol. Tenho metas e uma delas é chegar no profissional do Botafogo. Vou continuar treinando para isso.

Qual é o segredo do sucesso das categorias de base do Botafogo em 2016?

É um conjunto de fatores. Vai desde a direção do clube até os profissionais que trabalham nas comissões técnicas, não só no sub-20. O Botafogo vem melhorando a cada ano para evoluir a base. São vários motivos. Não é um motivo apenas.

Você costuma acompanhar o trabalho de Jair Ventura?

Ainda não tive a oportunidade de trabalhar com ele (Jair Ventura). Mas já assisti a alguns treinos dele e posso dizer que estou ansioso para trabalhar com ele. É um cara que faz questão de dar atenção à categoria de base.

Fernando sonha em chegar ao elenco profissional do Botafogo (Foto: Assessoria)
Fernando sonha em chegar ao elenco profissional do Botafogo (Foto: Assessoria)

A atual gestão do Botafogo está olhando com carinho para as categorias de base. Isso te deixa mais tranquilo para trabalhar?

O Botafogo vem aproveitando os jogadores da base. No final desse ano subiram seis ou sete, se não me engano. Isso, de certo modo, dá um alívio para a gente. Sinal que o clube está dando uma atenção especial às categorias de base.

Você tem algum ídolo no futebol?

Na minha posição gosto muito do Phillipp Lahm, do Bayer de Munich. E, embora eles não sejam da minha posição, mas eu gosto muito do Messi e Iniesta. Não tem como não gostar deles (risos).

Pelo visto você é fã do futebol Europeu. Torce para algum time do Velho Continente?

Costumo dizer que eu torço pelo bom futebol (risos).

Fonte: Esporte Interativo