Tanque para explodir a Chapecoense: ‘Ele disputa todas a segura a bola na frente’

Compartilhe:

Foi no Maracanã que El Tanque Ferreyra apresentou suas credenciais à torcida do Botafogo, na disputa da Libertadores. Hoje, às 18h30, o atacante volta a atuar no estádio e espera transformar as boas lembranças em gols e vitória sobre a Chapecoense, pedra no sapato dos cariocas no Campeonato Brasileiro. O Alvinegro conta com o apoio das arquibancadas para se distanciar da zona de rebaixamento.

Dos cinco gols marcados pelo argentino desde que chegou ao clube no início do ano, dois foram no Maraca, na competição internacional. Contra San Lorenzo e Independiente del Valle, Ferreyra balançou as redes e o Glorioso saiu vencedor.

E foi justamente diante do time equatoriano e da torcida alvinegra que ele marcou pela última vez, no dia 18 de março. O jejum já passou dos cinco meses e, na terceira partida seguida como titular, o camisa 9 quer encerrá-lo.

Mesmo não marcando gols, Ferreyra mostra uma entrega total durante os jogos e briga com os zagueiros o tempo todo. Características que o fizeram ganhar a confiança de Vagner Mancini, que anteriormente não gostava que o Botafogo jogasse com um atacante com pouca mobilidade.

“O Tanque tem uma forma de jogar que alivia o nosso sistema defensivo. Ele disputa todas e segura a bola na frente. Pode não ter velocidade, mas compensa com outras qualidades. Ele também tem o aspecto do jogo aéreo e passamos a ter mais jogadores dentro da área adversária. Isso vinha sendo um dos nossos calos”, reconheceu.

Assim que Eduardo Hungaro deixou o comando da equipe após a eliminação na Libertadores, Tanque perdeu espaço e enfrentou problemas físicos. Somente na semana passada ele voltou a treinar entre os titulares. Foi bem na vitória sobre o Fluminense, com uma assistência e, na derrota para o Figueirense, não comprometeu. Agora, chegou a hora de voltar a balançar as redes.

Três pontos à frente do Alvinegro, a Chapecoense é um adversário direto, e o Glorioso tem a chance de ‘vingar’ os outros dois times do Rio na Série A. Flamengo e Fluminense foram derrotados em Chapecó. Com Tanque Ferreyra, o Botafogo espera explodir o carrasco dos cariocas.

Fonte: O Dia Online

Comentários