A preocupação com as lesões de Jefferson e Gatito Fernández, aos poucos, vão ficando para trás. Sob desconfiança em virtude da inexperiência, o goleiro Saulo, de 23 anos, terceira opção na meta do Botafogo, tem dado conta do recado na ausência dos ídolos. Até agora, ao menos, ainda não foi vazado.

Saulo entrou na equipe titular do Botafogo no decorrer do clássico com o Flamengo no último sábado, logo após Jefferson se lesionar num choque com Lucas Paquetá. Naquele momento, o Alvinegro já perdia por 2 a 0 e não sofreu mais gols.

Nesta quarta-feira, na vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, o jovem demonstrou segurança e muita atenção nos momentos em que foi exigido, e ganhou elogios.

“Ele estreou no Maracanã, já tinha um peso, e hoje foi bem. Dois jogos sem tomar gols, então é muito bom”, enalteceu o técnico Marcos Paquetá.

O treinador, no entanto, destacou o peso da ausência de Jefferson, capitão e principal líder da equipe:

“Todo jogador com experiência é fundamental. Ele, Carli, o próprio Lindoso são líderes, que ajudam no processo com os mais jovens e controle do grupo. É um fator preponderante para qualquer treinador. São três que podem ajudar nesse aspecto”.

Fonte: UOL