Clarence Seedorf procurou demonstrar tranquilidade depois de seu primeiro revés como técnico. Após a derrota do Milan, em casa, para a Udinese por 2 a 1, e a consequente eliminação de sua equipe da Copa da Itália, ontem, Seedorf disse que precisará de tempo para implementar mudanças no time.

— Disse a meus jogadores para terem calma porque não posso fazer milagres. Vi coisas boas, mas ainda não somos capazes de dar continuidade — analisou o holandês, depois de seu segundo jogo na carreira de treinador.

Seedorf admitiu que o Milan precisa de reforços e disse que Adriano Galliani, diretor geral do clube italiano, está atento ao mercado em busca de contratações. O ex-jogador do Botafogo citou os pontos fracos que observou até o momento:

— Nossa defesa ainda é imperfeita, mas se não houver cooperação de todos o time vai enfrentar dificuldades. Contra a Udinese, os 25 primeiros minutos foram bons, mas não demos continuidade.

Fonte: Extra Online