Na virada do ano, a confiança de Henrique também foi renovada. Após uma temporada sem marcar um gol sequer, o atacante foi o escolhido por Eduardo Hungaro para ser o único jogador de frente do Botafogo na estreia no Carioca, sábado, às 19h30, contra o Resende, em Volta Redonda. Chegou a hora de ele agarrar a oportunidade e confirmar as expectativas criadas em cima do seu futebol.

Henrique será titular do Botafogo na estreia do Carioca

Foto:  Uanderson Fernandes / Agência O Dia

“Acho que este ano será bem melhor. Comecei 2013 como titular, mas os gols faltaram. A partir do momento em que você faz o primeiro, os outros saem e você fica mais tranquilo. Tenho confiança no meu trabalho, isso é uma fase. Todos passam por isso”, minimizou Henrique, sem esconder que o jejum tem pesado sobre suas costas.

O novo treinador não liga para falta de gols do atacante de 22 anos e acredita que uma sequência de jogos poderá ser crucial para que ele finalmente possa se firmar no Alvinegro.

“O Henrique é um jogador que está tendo novas oportunidades. Ele possui características interessantes, finaliza bem cruzado. Temos a expectativa que ele possa crescer participando mais das partidas”, frisou Hungaro.

Além de Henrique, outro jogador que terá uma espécie de ‘prova’ logo mais é o jovem Daniel, de 19 anos. Destaque na pré-temporada em Saquarema, o meia teve seu contrato renovado até o meio de 2017 e estabeleceu uma nova multa rescisória: R$ 64 milhões para clubes estrangeiros e R$ 56 milhões para brasileiros.

Apenas dois titulares terão a oportunidade de encarar o Resende. Por conta da evolução física mais rápida, Dória e Gabriel foram os escolhidos por Hungaro.

A única dúvida do treinador é com relação a Dankler, que passou mal ontem. Se ele não estiver em condições, André Bahia vai para o jogo.

Fonte: O Dia Online