Recém-chegado ao Pyramids, o técnico Alberto Valentim pode estar de saída do time egípcio por causa de um atrito com o dono do clube, que é o presidente da Autoridade Geral Esportiva da Arábia Saudita. O dirigente tentou barrar o atacante Ribamar da equipe. Até aqui, o treinador acumula duas vitórias e um empate no comando da equipe.

Contrariado, Alberto Valentim manteve o atleta brasileiro no time na última partida do Pyramids. Ribamar correspondeu às expectativas do treinador ao marcar dois gols na vitória por 2 a 1 sobre o El Geish. A situação irritou o ministro. Ele, então, decidiu demitir o ex-técnico do Botafogo e do Palmeiras.

A saída de Alberto Valentim pode ser concretizada nas próximas horas. O time egípcio volta aos treinos ainda nesta quinta-feira, às 14h (horário de Brasília). O treinador busca garantir o dinheiro da rescisão, assim como toda a comissão técnica.

Campeão carioca deste ano, o treinador deixou o Botafogo no dia 19 de junho de maneira inesperada. Além dele, o Pyramids contratou cinco brasileiros durante a janela de transferências: Keno, Rodriguinho, Ribamar e Carlos Eduardo.

Fonte: UOL