Em entrevista ao site Globoesporte.com durante o curso de treinadores na Granja Comary, em Teresópolis, o técnico Alberto Valentim projetou o perfil do elenco do Botafogo para a próxima temporada. Por conta das dificuldades financeiras em meio ao processo de transição para S.A., o Glorioso terá poucos recursos para investir em reforços.

– Nós vamos buscar jogadores que se encaixem dentro das características que eu quero que o time jogue no ano que vem, dentro da realidade financeira do clube. Vamos buscar jogadores de qualidade, mas dentro de uma realidade em que o Botafogo consiga depois cumprir seus compromissos – afirmou Valentim.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo

Em relação ao número de jogadores a serem contratados, o técnico do Botafogo mostrou preocupação com baixas iminentes no elenco, citando especialmente os casos do volante João Paulo (na mira do Seattle Sounders, dos Estados Unidos) e do zagueiro Gabriel (que já teve seu retorno solicitado pelo Atlético-MG).

– O número de contratações depende de quem vai sair ainda. O João Paulo pode ser negociado, seria uma perda que a gente não gostaria. Vamos precisar ver o que vai acontecer com esses atletas que não queremos que saiam. O Gabriel também pode sair. E aí a gente vai contratar. Zagueiro e goleiro são posições perigosas, porque em um estalar de dedos você poder dois e o outro não estar pronto. Então estaremos cobertos, olho muito para zagueiro porque é uma posição que você improvisa pouco – disse.

Após um fim de temporada ruim, Alberto Valentim projetou um Botafogo com a sua “cara” a partir de 2020, já que iniciará o planejamento e fará a pré-temporada:

– Eu sempre falei: “Me cobrem depois, que o time terá minha cara a partir do ano que vem, com o começo do zero”.

Fonte: Globoesporte.com e Redação FogãoNET