A dificuldade financeira continua sendo um problema para o Botafogo. O clube confirma que não existe previsão de pagamento dos salários atrasados. Funcionários relatam várias dificuldades pessoais com os sucessivos atrasos. A verba desbloqueada pelo Sindeclubes só tem previsão de ser liberada no início do mês de março. O valor é referente a penhoras de direitos de televisão junto à Rede Globo. Não se sabe qual montante será depositado pela emissora.

Além disso, o departamento jurídico do clube está buscando aumentar o volume de receitas. A justiça determinou um teto de R$ 14 milhões que o Botafogo tem a receber e não pode ser penhorado. O dinheiro vem da TV Globo, além de premiações da CBF e FERJ, e terá que ser usado para quitar atrasados.

Os funcionários não receberam o mês de janeiro. Para os jogadores ainda não foram pagos dezembro e parte do 13º.

Fonte: Super Rádio Tupi