Vice do Botafogo, sobre reunião com organizadas: ‘Compromisso de transparência’

32 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Vinicius Assumpção - Cerimônia de Posse do Botafogo
Reprodução/Botafogo TV

A quinta-feira do Botafogo foi marcada por uma reunião do mandatário Durcesio Mello, do vice Vinícius Assumpção e de Alessandro Langone, que faz parte do Grupo de Trabalho de Transição, com integrantes de organizadas do clube. Além de prometerem que o novo diretor executivo de futebol será anunciado até a próxima segunda-feira, os dirigentes ouviram cobranças em relação à atitude da equipe no dia seguinte à nova derrota no Brasileiro-2020. A informação foi divulgada inicialmente pelos repórteres Thiago Veras, da Rádio Tupi, Pedro Villa Nova e pelo Twitter Bastidores do Botafogo e, posteriormente, confirmada pelo LANCE!.

A diretoria alvinegra pretende realizar periodicamente o encontro com os integrantes de organizadas. Vinícius Assumpção contou sobre o que foi debatido com as organizadas.

– Apresentamos a realidade na qual o Botafogo se encontra e a maneira como tentamos renegociar as dívidas do clube. Nosso objetivo não é tutelar a torcida, mas firmar um compromisso de transparência com os torcedores – afirmou ao LANCE!, frisando sobre o novo CEO:

– Será anunciado em breve – completou.

O L! apurou que a expectativa é de que ocorra até esta segunda-feira. Caso se confirme o descenso do Botafogo para a Série B, haverá uma queda financeira significativa nas receitas do clube na temporada de 2021. Por isto, o CEO escolhido terá a missão tanto de reestruturar o futebol quanto de captar recursos para amenizar as dívidas diante de um eventual rebaixamento. Há dois nomes na mira.

Houve cobranças dos torcedores com relação à má fase do Alvinegro em campo. Além da reclamação da falta de comprometimento de alguns atletas, houve queixas com os trabalhos do gerente Túlio Lustosa e do treinador Eduardo Barroca. Entretanto, o grupo considerou que não é o momento de demitir o comandante que, assim como muitos jogadores, ainda têm contrato em vigor.

Os futuros de Túlio e Barroca ficarão nas mãos do novo diretor de futebol. Um pedido mais urgente ouvido dos torcedores é que Barroca escale mais jogadores do sub-20 do Alvinegro na reta final do Brasileiro-2020.

O Estádio Nilton Santos também entrou em pauta. Há um processo jurídico para que o local seja utilizado em outros projetos.

O Botafogo volta a campo neste domingo, às 20h30, para enfrentar o Fluminense, em São Januário.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas