Botafogo: Victor Luis comenta disputa com Danilo Barcelos e Guilherme Santos

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Victor Luis, lateral-esquerdo do Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O lateral-esquerdo Victor Luis foi apresentado virtualmente nesta quinta-feira no estádio Nilton Santos. O jogador assinou contrato até fevereiro de 2021 e já realizou a primeira atividade.

– Essas mensagens que recebi nas redes sociais, meus familiares recebiam mensagens pedindo minha volta… Isso foi um dos fatores principais para ter voltado. Sei que posso viver uma grande história aqui dentro ainda, e recebendo esse carinho do torcedor botafoguense como sempre recebi. Sempre mantive contato com o torcedor botafoguense, mesmo quando eu voltei para o Palmeiras em 2017. Tenho grandes amigos torcedores botafoguenses. A torcida sempre demonstrou esse carinho e tudo isso sempre foi muito recíproco, porque sempre demonstrei carinho e respeito, principalmente, pelo clube – afirmou.

Victor Luis comentou a briga pela titularidade na equipe Alvinegra. As outras opções são Danilo Barcelos e Guilherme Santos, além do jovem Lucas Barros.

– A competitividade vai sempre ser a mesma. É positivo ter jogadores de qualidade em todas as posições, a sombra do outro faz todos quererem melhorar, é muito saudável. O torcedor pode esperar o que sempre viu, uma enorme vontade de defender o Botafogo, a partir do momento que eu pisar no campo vou querer fazer o Botafogo vencedor – disse o jogador, que falou da evolução pessoal desde o período em que jogou pelo clube entre 2016-2017.

– A vontade continua a mesma, mas as competições que disputei me amadureceram. Fui campeão brasileiro, disputei Libertadores. Volto mais experiente, mas com a mesma vontade. Tenho o desejo de passar isso para os companheiros, já vi que é um grupo que quer ser vencedor. Eu acho que o que posso trazer é um pouco dessa experiência e maturidade para ajudar o clube a buscar grandes vitórias. Não sou perfeito, mas trabalho em busca da perfeição. A questão da eficiência na defesa é uma coisa que carrego comigo. Primeiramente marcar e chegar à frente é uma consequência. Esse trabalho a gente acaba deixando para os jogadores mais ofensivos. Mas quando chego procuro chegar à frente, tento chegar em lances decisivos. Meu primeiro pensamento é dar uma sustentação à defesa – avaliou.

Victor Luis afirmou que vai fazer um sorteio e pagará 10 adesões ao programa sócio-torcedor. Jogador convocou a torcida para bater a meta de 40 mil.

Fonte: Rádio Tupi

Notícias relacionadas