O Botafogo tem um objetivo bem claro nesta reta final de Campeonato Brasileiro: garantir uma das vagas no G-6 da competição e jogar a Libertadores em 2017. Atualmente na quinta posição e mantendo cinco pontos de vantagem para o sétimo colocado, Corinthians (SP), o sonho parece quase realidade. Entre os jogadores o discurso é ambicioso. O lateral-esquerdo Victor Luis não quer saber de administrar vantagem, mas sim de aumentá-la cada vez mais.

– Para nós, tudo é possível. O primeiro objetivo é nos manter no G-6. Mas se ganharmos os quatro jogos, vamos subir na tabela. Nosso grande objetivo é manter o Botafogo nessa zona da Libertadores e consequentemente subir cada vez mais – disse o atual titular da posição.

Victor Luis ainda exaltou a mudança de panorama no Alvinegro após Jair Ventura assumir como treinador. De um time que lutava contra o rebaixamento, o Botafogo se firmou como postulante a um lugar na principal competição da América do Sul no próximo ano.

– Desde que o Jair assumiu, procuramos viver nossa realidade, dia após dia. Nosso grande objetivo era manter o Botafogo na Série A. Hoje, a Libertadores é uma realidade para o Botafogo. Esse é nosso grande objetivo, mas temos que manter os pés no chão. Ir para a Libertadores será algo muito positivo para o Botafogo. Espero que possamos ter um grande final de ano, independentemente de quem vai jogar – projetou.

O Botafogo volta a campo na quarta-feira (16), quando receberá a Chapoense (SC) no Estádio Luso Brasileiro, a Arena Botafogo, às 19h30.

Fonte: FutRio