No empate em 1 a 1 entre São Paulo e Botafogo, domingo passado, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro, o lance mais marcante acabou não resultado. Paulo Henrique Ganso colocou a bola entre as pernas de Julio Cesar, encobriu Jefferson, mas ela bateu na trave, correu a linha e Dória conseguiu colocar para fora.

A jogada foi repetida exaustivamente durante a semana e falou-se até na necessidade do técnico Luiz Felipe Scolari observar Ganso melhor. No programa “Bem, Amigos”, do SporTV, Seedorf chegou a dizer que o meia do São Paulo não faria o mesmo lance na Itália.

– Na hora, foi muito rápido, uma grande jogada dele, a única solução que tinha e acabou dando certo pelo grande jogador que é. Achei um pouco estranho a valorização que teve a jogada. Tem uma caneta em quase todos os jogos – disse Julio Cesar.

Para o jogador do Botafogo, o lance acontece e não deve ser levado em consideração para a sua sequência na competição.

– Está todo mundo querendo que ele volte para a Seleção e valorizando demais o lance. Só toma que está ali dentro. Eu já dei bastante e agora tomei – comentou o jogador.

Fonte: Globoesporte.com