Volante do Botafogo ainda não engole derrota para Ceará: ‘Temos que estar p…’

Compartilhe:

A torcida do Botafogo deixou o Maracanã na última quarta-feira revoltada com a derrota por 2 a 1 para o Ceará, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. E ao que parece, os jogadores também não ficaram nada satisfeitos com o desempenho apresentado. Gabriel resumiu o sentimento do time com o revés e mostrou personalidade.

“Temos que estar p… Não podemos estar acomodados. O ego está ferido. Não podemos aceitar a derrota e não temos tempo para lamentar. Temos que trabalhar e buscar a recuperação”, disse o jovem volante, que completou 100 jogos pelo Botafogo na última quarta-feira.

Gabriel, por outro lado, afirma que o desempenho ruim não será repetido. Ele se apega ao bom momento do Botafogo no Brasileiro, onde ganhou duas das últimas três partidas. O volante quer o time atento desde o início do duelo para se recuperar e reconquistar a torcida no Maracanã.

“Tivemos um desempenho melhor do que antes, conseguimos seis pontos em três jogos. Enfrentaremos o Santos em casa, que tem uma equipe de qualidade. Temos que fazer de tudo para pontuar e ficar ainda mais longe da parte de baixo da tabela e almejar coisas melhores para frente”, afirmou.

Reencontro com Oswaldo de Oliveira

Além de tentar recuperar o prestígio, Gabriel tem outra motivação para a partida deste domingo. O volante irá reencontrar o técnico Oswaldo de Oliveira, responsável por lançar alguns jovens no time profissional em 2012 e 2013.

“Será diferente, primeira vez que vou encontrar um ex-treinador meu. É um momento legal e o Oswaldo me ajudou bastante, me deu oportunidade pra mostrar meu futebol, mas agora está do outro lado e ele sabe que vou fazer de tudo pra defender o Botafogo e sair com a vitória”, concluiu.



Fonte: UOL
Comentários