Pivô de uma saída polêmica, na qual se negou a cumprir o pré-contrato que tinha assinado com o Botafogo para ir para o Flamengo, Willian Arão voltou a falar do clube no canal “Esporte Interativo”. Ele não avaliou positivamente o presidente Carlos Eduardo Pereira.

– (Dez ou banco?) Banco. Aconteceram muitas coisas que não têm necessidade de falar, só quem estava e participou pode falar. A responsabilidade nunca é de uma pessoa só, mas tem ele tem boa parte – afirmou Arão.

Com o caso correndo na Justiça, o volante disse que não foi ingrato com o Botafogo.

– Se eu falasse tudo que penso, ia dar polêmica. Muita coisa tenho que guardar. Depende do ponto de vista. Encontro muito torcedor do Botafogo que me dá apoio. Um que encontrei em Punta Cana, na minha lua de mel, me elogiou e agradeceu bastante. inclusive fiz o gol do título. Todos os outros são assim, me desejam sorte – comentou.

Fonte: Esporte Interativo