Sem maior motivação no Campeonato Brasileiro para as últimas duas rodadas, o Flamengo só cumpre tabela até o início das férias. Com missão cumprida de evitar o rebaixamento, o Rubro Negro virou peça importante para os times que ainda brigam contra a degola. No próximo sábado, a equipe de Vanderlei Luxemburgo enfrenta o Vitória. Para o zagueiro Chicão, a “mala branca” – espécie de incentivo extra, pago em dinheiro, para um time ganhar do outro – seria benvinda neste caso.

O defensor afirma desconhecer qualquer movimento de clubes que brigam para evitar a queda no Brasileiro para dar um prêmio extra o Flamengo em caso de triunfo sobre os baianos. Em entrevista ao jornal Diário de São Paulo, Chicão não rejeita a possibilidade da “mala branca”.

“Para mim, desde que seja um prêmio para ganhar o jogo, não há nada de errado. Por que não? O que não pode existir é um pagamento para um time perder. E isso, graças a Deus, eu nunca vi no futebol”, comentou Chicão à publicação.

Luxemburgo já revelou que não aceitará aproximação de outros times para pagamento de mala branca. Palmeiras, Botafogo e Bahia são os times que observam mais de perto o jogo entre Flamengo e Vitória, marcado para ser disputado em Manaus. Na 17ª colocação, os baianos precisam dos três pontos contra o Flamengo.

Em caso de derrota para o Internacional – junto com o triunfo do Vitória –, o Palmeiras iria para a última rodada na zona de rebaixamento. Os dois times jogarão no próximo sábado.

Botafogo e Bahia também também estão de olho no duelo, já que ficariam muito pressionados para a rodada do domingo e mais próximos da queda, em caso de derrota do Flamengo.

“Pelo que eu saiba, ninguém do Palmeiras procurou o Flamengo ou os jogadores. Mas esse tipo de coisa é normal no futebol”, apontou o zagueiro.

Na 9ª colocação, o Flamengo só espera pelo fim do Brasileiro. O técnico Vanderlei Luxemburgo já ventilou a possibilidade de adiantar férias para alguns jogadores. Sem contrato para 2015, Chicão diz que deseja jogar as últimas rodadas pelo Flamengo.

“Eu estou bem focado nesta reta final de campeonato. Meu contrato acaba em dezembro, então quero deixar uma última impressão excelente, para começar 2015 bem”, encerrou.

Fonte: UOL e Diário de São Paulo