Agente de Pellistri, alvo do Botafogo, descarta Flamengo e indica preferência para futuro do atacante

81 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Agente de Pellistri, alvo do Botafogo, descarta Flamengo e indica preferência para futuro do atacante
Arquivo pessoal

Edgardo Lasalvia, agente de Facundo Pellistri, revelou que se reuniu com a diretoria do Manchester United para resolver o futuro do atacante uruguaio, que o técnico Erik ten Hag prometeu dar mais oportunidades, e que a intenção não é voltar à América do Sul neste momento. Desta forma, uma possível transferência para o Flamengo na temporada 2023 foi descartada.

O bom da última reunião com o United é que eles já começaram a levar em consideração o que propusemos de uma maneira diferente: que é um jogador de 21 anos, que acabou de jogar uma Copa do Mundo e que não tem os minutos em Manchester que queremos para ele“, começou por dizer Lasalvia, durante o programa ‘100% Deportes’ da rádio uruguaia Sport 890.

Em seguida, o empresário do atacante indicou: “Dito isto, o treinador nos disse que quer que ele fique, que vai dar os minutos que ele merece. Ele também nos disse que ele está no Manchester, um dos melhores times do mundo, entendemos isso, mas nosso interesse e nosso trabalho é cuidar da carreira do jogador. Hoje vamos voltar a nos reunir e esperamos chegar a um entendimento.”

Banner da loja do FogãoNET

Lasalvia também respondeu sobre o interesse do Flamengo na contratação de Pellistri e afirmou que ele é real. Porém, o agente descartou qualquer chance de negócio neste momento.

“Sim, o interesse é real, mas nossa ideia hoje não é voltar para a América do Sul. Facu tem muitas ofertas da Europa, nunca tinha me acontecido ter tantas ofertas por um jogador na mesma janela de transferências. Ele está em um clube muito grande, que pagou um dinheiro significativo pelo passe, mas viemos a ser valorizados e a dar a oportunidade”.

Lasalvia ainda citou a forte concorrência que o uruguaio terá no Rubro-Negro como um dos motivos para o negócio não ir adiante.

“Minha opinião pessoal é que o Flamengo tem muitos jogadores nessa posição e estamos priorizando a parte esportiva. Então o Facu tem que ir para um time jogar, onde é prioridade para a comissão técnica, e hoje não posso dizer que seja assim no Flamengo porque não falei com a comissão nem com o técnico (Vítor Pereira), só com um diretor”.

O empresário acrescentou: “O que você vê é o que todos veem, e é por isso que estamos aqui, para que o Facu seja valorizado. Já não é um jovem, é um jogador feito, jogou bem no Mundial e quando jogou pelo Manchester esteve bem, e sobretudo com a responsabilidade de ter que se provar jogando cinco minutos, porque não é fácil entrar cinco minutos e ir bem.”

“Quando digo valorizar o jogador também falo em melhorar o contrato, porque (Facundo) está com o mesmo contrato de quando tinha 18 anos, e a ideia é que se o Manchester ver a projeção que vemos nele, que também avalie financeiramente e que você possa prorrogar o contrato”, finalizou.

Fonte: ESPN e Sport 890

Notícias relacionadas