Árbitro relata ‘ofensa’ de Mazzuco e ‘justifica’ expulsão de Luís Castro em Internacional 2 x 3 Botafogo; técnico falou ‘é uma vergonha’ após pênalti mal marcado

219 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Árbitro relata ‘ofensa’ de Mazzuco e ‘justifica’ expulsão de Luís Castro em Internacional 2 x 3 Botafogo; técnico falou ‘é uma vergonha’ após pênalti mal marcado
Reprodução/Premiere

Saiu a justificativa do árbitro Savio Pereira Sampaio para a expulsão de Luís Castro na vitória do Botafogo por 3 a 2 sobre o Internacional, neste domingo (19/6), no Beira-Rio, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em suma, o técnico português recebeu o cartão vermelho por falar a verdade.

De acordo com a súmula do juiz, Luís Castro afirmou que foi “uma vergonha” a marcação do pênalti (inexistente) que gerou o primeiro gol do Inter e a expulsão de Philipe Sampaio.

“Após ser informado pelo 4º árbitro da partida, expulsei o treinador da equipe S.A.F. Botafogo, Sr. Luiz Manuel Ribeiro de Castro por ofender a arbitragem gesticulando com os braços e proferindo as seguintes palavras repetidamente em alto tom de voz: ‘Isso é um vergonha, é uma vergonha o que vocês estão fazendo, estragaram com o jogo, é vergonhoso”, escreveu o árbitro.

O juiz ainda diz que expulsou Philipe Sampaio por “impedir uma oportunidade clara de gol com uso intencional de mão na bola” e Lucas Piazon por “atingir soco em Matheus Cadorini”. Mercado e David também receberam cartão vermelho.

Além disso, o árbitro diz ter sido ofendido pelo diretor de futebol do Botafogo, André Mazzuco.

“Informo que, no intervalo da partida, a caminho do vestiário, na zona mista, fui ofendido pelo diretor de futebol da equipe do S.A.F. Botafogo, Sr. Mário André Mazzuco com as seguintes palavras em alto tom de voz repetidamente: “O que vocês estão fazendo é uma vergonha, é uma vergonha para o futebol, é desrespeito com o Botafogo, é uma vergonha, todos vocês”, completou o árbitro.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas