Botafogo emite nota oficial sobre pendências com jogadores e revela ter antecipado premiações

129 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Elenco - Botafogo x Brusque
Reprodução/Premiere

O Botafogo se manifestou por meio de nota oficial na tarde desta quinta-feira sobre as pendências com jogadores que acarretaram num protesto do elenco alvinegro. Os atletas decidiram não dar entrevistas até que a situação seja resolvida.

No texto divulgado nas redes sociais, o Glorioso admite atrasos no pagamento de direitos de imagem de 17 jogadores que recebem esta modalidade, além do resíduo de valores na CLT para quem ganha mais de 60 salários mínimos, fruto de uma limitação da Justiça.

O Botafogo acrescenta ainda que espera uma decisão judicial para destravar a verba e informou que antecipou R$ 600 mil de premiação futura aos jogadores nos últimos 60 dias, ciente da importância do momento decisivo na Série B do Brasileiro.

Confira a nota oficial do Botafogo:

O Botafogo sempre foi transparente quanto à realidade financeira e vem mantendo diálogo permanente com os jogadores, informando os movimentos internos em busca de soluções.

Transparência:

1) Todos os colaboradores (incluindo os atletas) que recebem até 60 salários mínimos estão em dia com os seus vencimentos. Três atletas que recebem acima deste valor ainda aguardam a parte complementar.

2) 17 atletas estão com direitos de imagem em atraso aguardando decisão judicial. O valor, suficiente para estes ajustes e para o pagamento da folha de novembro, encontra-se depositado em juízo à espera da liberação dos magistrados. Descumprimento de ordem judicial é impensável.

3) Ciente da importância do momento, o Botafogo antecipou aos atletas R$ 600 mil reais de premiação futura nos últimos 60 dias.

O Botafogo respeita a manifestação dos atletas e destaca todos os esforços de reestruturação administrativa envidados desde o início da gestão, além da parceria com o SindeClubes e o MPT, que nos permitiram chegar até este mês sem atrasos salariais.

Botafogo de Futebol e Regatas

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas