John Textor participa do ‘Seleção SporTV’: ‘Sinto responsabilidade pelo Botafogo que não sinto pelo Crystal Palace’

46 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

John Textor participa do ‘Seleção SporTV’: ‘Sinto responsabilidade pelo Botafogo que não sinto pelo Crystal Palace’
Reprodução/SporTV

Empresário americano e investidor da SAF do Botafogo, John Textor participou do programa “Seleção SporTV” nesta quinta-feira (23/6). O acionista alvinegro lembrou a emoção com a vitória por 3 a 1 sobre o Fortaleza, no Estádio Nilton Santos, a qual comemorou no campo, e revelou seu sentimento em relação ao clube.

– É diferente por si só. Eu me enganei, não sabia que estava sendo filmado, pensei que era rádio, meu irmão estava brincando comigo semanas depois. Tudo se desvendou no estádio, as emoções, quando fui falar oi para a torcida. O jogo tinha acabado, me estenderam a bandeira, eu não sabia o que estava fazendo. Vejo essa molecada toda, torcedores, fãs, anos de mau resultado, nos jogamos para dentro do esporte, pode ser um alívio para frustrações que temos na vida. Sinto uma responsabilidade por esse clube que não sinto pelo Crystal Palace. Eles têm um presidente muito capaz, me contou sobre o medo de ser rebaixado, não percebi isso bem, até ver minha responsabilidade no Botafogo. Vim em época de transformação no Brasil, nova liga, capital estrangeiro, isso aqui está comigo, não posso fazer besteira. Adoro Crystal Palace e Premier League, mas não sinto isso, levo os meus filhos, amo, mas não tenho a responsabilidade que tenho no Botafogo quando estou no Crystal Palace e no Lyon – revelou.

O empresário contou ainda como foi a chegada ao Botafogo e por que aceitou o desafio

– Acho que as pessoas no Brasil, no governo, deveriam se abrir para o mundo. Essas dívidas parecem muito grandes na escala do futebol brasileiro, são intimidadoras, fazem pressão, mas abrindo ao mundo e comparando as dívidas às oportunidades globais, (os clubes) podem ser respeitados no mundo tudo. É minha oportunidade de entrar em algo muito top de maneira acessível – explicou.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas