Lei do silêncio: Botafogo está com dois meses de direitos de imagem em atraso

60 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Lei do silêncio: Botafogo está com dois meses de direitos de imagem em atraso
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo está com dois meses de direitos de imagem em atraso com o elenco, além da diferença de quem recebe acima de 60 salários mínimos na CLT, informou o repórter Thiago Veras, da Rádio Tupi.

Treze jogadores, além de um membro da comissão técnica, recebem direito de imagem. A despesa mensal com este tipo de pagamento gira em torno de R$ 450 mil, segundo o jornalista Matheus Mandy.

O problema motivou um protesto dos atletas divulgado nesta quinta-feira pelo “GE”. Não haverá entrevistas coletivas ou exclusivas até que a situação seja solucionada.

O Botafogo está buscando a liberação da verba na Justiça para resolver as pendências. A limitação de 60 salários mínimos foi imposta para garantir que o acordo com o poder público que mantém a prioridade para os pagamentos dos funcionários seja cumprido.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter dos jornalistas Thiago Veras (Rádio Tupi) e Matheus Mandy

Notícias relacionadas