Textor revela conversas com Ferj para Botafogo iniciar Carioca com time B e garante: ‘Vamos jogar nos EUA, quero pré-temporada de verdade’

86 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Textor revela conversas com Ferj para Botafogo iniciar Carioca com time B e garante: ‘Vamos jogar nos EUA, quero pré-temporada de verdade’
Vitor Silva/Botafogo

Acionista majoritário da SAF do Botafogo, John Textor afirmou durante um evento da torcida organizada TJB nos Estados Unidos no último domingo (2/10) que está em conversas com a Federação do Rio de Janeiro para iniciar o Campeonato Carioca de 2023 com o time B.

Textor já havia revelado a intenção logo no jogo em que o Botafogo foi eliminado pelo Fluminense nas semifinais do Estadual deste ano, com uma grande lambança da arbitragem. A intenção do empresário é levar o time principal para os Estados Unidos para fazer uma pré-temporada melhor.

Não quero nosso time A jogando o Campeonato Carioca nesses primeiros jogos… Estamos negociando. Estou tentando convencer os outros clubes que precisamos reduzir o número de jogos. Precisamos combater o cansaço, manter uma melhor condição física. Gostaria de ter uma pré-temporada de verdade, com viagens. Eu quero mostrar aos clubes dos Estados Unidos que podemos jogar bola no Brasil. Estou brigando um pouco com a Federação sobre isso. Teremos jogadores do time A que não estão tendo muito tempo de jogo no Carioca – afirmou Textor, em declarações reproduzidas pelo perfil “Glorious Botafogo”, cujo dono, Pedro Soares, estava no evento na Flórida.

Banner da loja do FogãoNET

John Textor revelou que pretende, se for necessário, pagar as multas que constaram nos últimos regulamentos para colocar um time alternativo nas rodadas iniciais do Estadual do Rio.

O Carioca é importante, queremos ganhá-lo. Vamos ter jogadores A e jogadores B. Jogadores como Darius (Lewis). Eles vão mostrar a vocês que podem jogar. É assim que eu gostaria de usar a pré-temporada. Quero o time A aqui nos Estados Unidos construindo uma marca. Não sei o que eles (Ferj) vão fazer. Haverá muitas regras, teremos que pagar multas e tudo bem… Mas vamos jogar nos Estados Unidos – garantiu.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter do canal Glorious Botafogo

Notícias relacionadas