O Botafogo é outro time desde que aconteceu a troca no comando do futebol do clube. A saída de Gustavo Noronha na semana do clássico contra o Flamengo fez muito bem ao elenco. Era nítido que os jogadores não suportavam a falta de atitude do dirigente. O jogo contra a Chapecoense mostrou uma equipe com sérios problemas de deficiência técnica, porém, que se entregou na luta pelo resultado.

O comportamento de alguns jogadores é a prova clara disso. Os jovens subiram de produção, como Marcelo Benevenuto e Rhuan. Diego Souza, então uma sombra de jogador em campo, tem até auxiliado na marcação. Foi ele quem roubou a bola no lance que originou o gol no triunfo desta quarta-feira.

Garra não tem faltado em campo ao Botafogo

Após a troca no comando do futebol o time fez um jogo de igual para igual com o Flamengo. Perdeu em um detalhe e por conta da expulsão de Luiz Fernando. Sendo 11 contra 11 a história seria diferente. Fez a lição de casa contra o Avaí e perdeu de um Athletico Paranaense em condições normais no Paraná, entretanto, também lutando.

Na vitória contra o Corinthians o espírito de luta do time ficou ainda mais visível. Garra essa que também sobrou contra a Chapecoense.

O Botafogo chegou aos 42 pontos, não pode se descuidar, porém, deixa a torcida mais animada para as três rodadas finais. Pelo visto, espírito de luta não vai faltar.