Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Chegada de CEO deve solucionar pendências que travam o Botafogo

32 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Jorge Braga, novo CEO do Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Todos os dias percebemos os impactos que decisões políticas têm no mercado. Uma fala mais nervosa de um presidente, um desabafo de um ministro, um prejuízo em uma estatal fazem o dólar subir e a bolsa cair. Já o presidente acenar com medidas que acelerem a economia ou os lucros da mesma estatal surtem efeito contrário fazendo com que bolsa e dólar se encontrem no elevador. O Botafogo está usando, de maneira inteligente, esta estratégia para ingressar no mercado. Se pretende virar empresa e atrair investidores é preciso acenar positivamente para o mercado. A contratação deste CEO é o principal aceno nos últimos meses.

O CEO chega com noventa dias de prazo para analisar o clube e começar a destravar as pautas que impedem o Botafogo definitivamente de ingressar na era do profissionalismo. O presidente Durcesio Mello tem lutado muito por esse profissionalismo. Mas nada acalma tanto o mercado como a tranquilidade que ele exibe ao falar de situações que eram verdadeiros dramas em gestões anteriores. Falo, por exemplo, do salário. Quando ele acena para o mercado que o Botafogo não vai passar sustos com as contas mais atuais, significa o mesmo que dizer que o clube se movimenta para sanear a sua vida econômica.

Veja as primeiras imagens e palavras de Jorge Braga como CEO do Botafogo e inscreva-se no nosso canal no YouTube:

O futebol brasileiro é relativamente barato para qualquer investidor internacional. É só ver como se tiram craques jovens do país como quem toma pirulito das mãos da criança. Ter uma possibilidade de investir aqui, em um clube organizado, é algo que faz os olhos de investidores de fora brilharem. Cada vez mais grupos bilionários buscam clubes nos cantos mais remotos do mundo como investimento. Basta ver os novos ricos da Europa para entender um pouco a situação.

É corre procurar especialistas

Jorge Braga, novo CEO do Botafogo
Jorge Braga, novo CEO do Botafogo, tem missões

Sabemos que no futebol, assim como na vida, a diferença entre o veneno e o remédio é uma bobagem, um simples erro de dosagem. A frase de Oswald de Andrade sempre deixa todos preocupados com gestões de dirigentes. Mas vejo o Botafogo procurando profissionalizar tudo de verdade. Quer um técnico para a Série B, então traga alguém com experiência em acesso. Quer um gestor que saiba lidar com o mercado. Traga um CEO profissional. Quer dar jeito no programa de sócios, então se procure um especialista. E isso tem sido feito.

O Botafogo parece caminhar para o profissionalismo. Não vai se fazer de uma hora para outra um clube que deve R$ 1 bilhão ser uma potência financeira. Mas pelo menos acredito que estamos no caminho certo. E isso é animador.

Comentários