Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Carioca

02/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

0

X

0

Escudo Nova Iguaçu
NOV

Gol de Rickson pelo Botafogo me fez lembrar de Télvio, irmão de Túlio Maravilha

59 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Gol de Rickson pelo Botafogo me fez lembrar de Télvio, irmão de Túlio Maravilha
Vitor Silva/Botafogo

O gol de Rickson na goleada de 4 a 0 sobre o Macaé me fez lembrar de um jogador que teve rápida passagem pelo Botafogo em 1996. Trata-se de Télvio, irmão do artilheiro Túlio Maravilha. No decorrer do texto o amigo botafoguense vai entender a lembrança.

Com Túlio tendo sido campeão brasileiro e em alta no clube, Carlos Augusto Montenegro, então presidente, resolveu fazer um agrado ao artilheiro e contratou seu irmão. Era Télvio Furacão o nome da peça. O Botafogo de 1996 já não tinha o mesmo brilho de 1995 pois perdeu jogadores importantes como Leandro Ávila, Sérgio Manoel e Donizete. Mas ainda assim era muito competitivo. Tanto que conquistou a Taça Cidade Maravilhosa com os pés das costas e o Troféu Tereza Herrera, batendo a Juventus na final.

Télvio e o gol da despedida

Télvio não tinha muito intimidade com a bola. Apenas o pistolão do irmão justificaria a sua presença no elenco. O contrato foi curto e estava perto do fim, como está a atual situação contratual de Rickson. O vínculo dele termina em maio.

Faltando uma semana para o contrato acabar Télvio foi titular em um jogo que o Botafogo cumpria tabela no Carioca. Assim como este contra o Macaé. Confesso que não lembro o adversário. Sentado na cadeira do Caio Martins, Montenegro vê Télvio fazer seu único gol com a camisa alvinegra. Nessa hora um repórter se vira ao dirigente e brinca: “É o gol da renovação, presidente?”. Montenegro se vira com um sorriso no rosto de diz: “É o gol da despedida”. Que o gol de Rickson seja o da sua despedida do Botafogo….

Notícias relacionadas
Comentários