John Textor percebeu… Botafogo é um dos clubes mais interessantes para ser empresa

47 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

John Textor percebeu… Botafogo é um dos clubes mais interessantes para ser empresa
Vitor Silva/Botafogo

O empresário John Textor decidiu investir para comprar ações do Botafogo. Em busca de clubes pelo mundo, ele percebeu com facilidade que o Glorioso é um dos clubes mais interessantes para ser empresa. Vários fatores pesam neste tipo de negociação. O principal deles é logicamente o produto ter potencial para render no futuro e dar muito lucro.

A primeira impressão do empresário já foi das melhores. Viu o potencial da torcida botafoguense. O botafoguense sabe que não é maioria e também não está nem aí para isso. Mas faz barulho como poucos. Poucos se engajam como o alvinegro. Foi a torcida responsável por algumas das principais contratações dos últimos anos. Vários jogadores reconheceram o impacto disso nas redes sociais.

Ainda na linha da torcida, poucos clubes no Brasil têm torcedores com dinheiro e dispostos a gastar com o clube. Basta analisar a turma que chegou junto nos últimos anos seja para facilitar contratações, seja para manter a folha salarial em dia e fazer o fluxo seguir. Gente que se perceber que pode ter lucro vai chegar ainda mais junto, e com prazer.

Ídolos também são importantes no Botafogo

Túlio Maravilha e Loco Abreu - 1º Natal da Estrela Solitária
Túlio Maravilha e Loco Abreu mexem com a torcida (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

O Botafogo tem ainda algo que não se compra e que muitos outros clubes não podem oferecer com tanta fartura. Chama-se tradição. Tradição não se compra. É algo que o Alvinegro construiu. Textor hoje tem em mãos o rumo do clube que mais cedeu jogadores para a Seleção Brasileira, que é quem tem mais títulos em Copas do Mundo. É o clube de muitos ídolos reconhecidos mundialmente. E isso também pode representar receita se cair em boas mãos. Ainda mais com quem pensa com a cabeça do futebol europeu.

Até mesmo os ídolos recentes do clube conseguem transformar ações em marketing como poucos. Ou alguém conhece jogadores com mais carisma junto ao público do que Loco Abreu e Túlio Maravilha por exemplo? Claro que isso tem em outros clubes. Mas em pouca quantidade. Não estou analisando qualidade, que não é pouca no caso dos dois. Estou falando em mexer com a torcida.

O Botafogo é sim um dos clubes mais interessantes para investir. Tem torcida apaixonada, tradição, está se profissionalizando, fica em uma cidade ainda capital turística do Brasil e tem uma história rica em ídolos e títulos. Isso ninguém tira do clube. Por mais que possam criticar a negociação com John Textor.

Notícias relacionadas