O que o clássico contra o Flamengo mostra ao Botafogo?

38 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

O que o clássico contra o Flamengo mostra ao Botafogo?
Vitor Silva/Botafogo

O clássico contra o Flamengo mostra situações importantes ao Botafogo para a sequência do Campeonato Brasileiro. É preciso entender o que aconteceu no Niltão na noite deste domingo. 

MAIS! Lucas Perri pode se tornar a grande sombra de Gatito

A primeira e mais evidente lição trazida pelo clássico é a falta de agressividade do Botafogo. Mas como assim se o time dominou os primeiros 20 minutos e deu chutes a gol? Permanecer no campo de ataque não significa ser agressivo ao ponto de assustar o rival.

MAIS! Botafogo segue roteiro para colher bons frutos no futebol

Falo isso porque, tirando jogadas individuais, como o chute de Jeffinho,  o time não marcou presença de área. Neste mesmo chute o rebote foi todo flamenguista. Além disso Victor Sá não encontrava ninguém na área quando conseguia o cruzamento.

Jeffinho precisa ter com quem dialogar

Botafogo precisa melhorar

Ainda sobre o ataque é importante dar opções para Jeffinho. Personalidade e individualismo podem se confundir para o jovem destaque alvinegro, tamanha a falta de opções para ele dialogar. A diferença entre o veneno e o remédio é uma bobagem, um simples erro de dosagem. 

Outra questão é a falta de confiança de alguns jogadores. Nunca vi um time sair para o intervalo melhor do que o rival e voltar tão inseguro. A comissão técnica de Luís Castro vai precisar trabalhar bem isso.

Por fim e não menos importante, marcar presença nas entidades. Não tem nada a ver com o resultado, que não sofreu interferência externa. Mas sim com a postura da arbitragem, sempre decidindo favoravelmente ao rival. Como no cartão de Saravia, que começa em em sola do atacante do Urubu.

Apesar disso o Botafogo vem evoluindo e tem tudo para melhorar na segunda metade do returno. Vai encorpar com o crescimento dos reforços. Assim a torcida espera.

Notícias relacionadas