O último gol da carreira de Seedorf foi com a camisa do Botafogo. É isso que a Quarentena Alvinegra de hoje vai relembrar. Foi no dia 8 de dezembro de 2013. A última rodada do Campeonato Brasileiro corria solta e o Botafogo precisava vencer o Criciúma no Maracanã. O triunfo por 3 a 0 foi determinante para que o Glorioso garantisse a vaga na Copa Libertadores. Mas ela viria com a derrota da Ponte Preta para o Lanús três dias depois na decisão da Copa Sul-Americana.

O Botafogo tinha um time muito forte. Jefferson garantia a defesa, que tinha uma zaga sólida com Bolívar e Dória. Renato dava equilíbrio a um meio comandado por Seedorf e que tinha o talento de Lodeiro. Além disso, Rafael Marques e Elias se movimentavam para dar trabalho aos rivais. Mas tinha que terminar bem o Brasileiro.

Além de contar com um time de peças de muita qualidade, o Botafogo era bem treinado. Mesmo enfrentando a perda de jogadores durante a campanha, o técnico Oswaldo de Oliveira conseguia manter o padrão de jogo do Glorioso. Além disso, tinha o domínio do grupo.

Botafogo dominou o Criciúma

Em campo, como já era de se esperar, o Botafogo dominou o frágil time do Criciúma. Tanto que abriu o placar aos nove minutos. Lodeiro cobrou falta sofrida por Edilson pelo lado direito da área. O uruguaio tentou o chute direto. Entretanto, Dória desviou para o fundo da rede. Mas o árbitro Paulo César de Oliveira anotou na súmula gol do jogador da seleção do Uruguai.

Na segunda etapa o Botafogo seguiu mais forte e ampliou aos 22 minutos. Após confusão na área do Criciúma, Elias mostrou oportunismo e tranquilidade para vencer o goleiro Galatto. A vitória estava garantida. Entretanto, faltava o gol histórico.

Aos 42 minutos, Seedorf aproveitou cruzamento na área e escorou para o fundo do gol. Naquela tarde, quem foi ao Maracanã não tinha ideia de que vivenciou um momento histórico. Mas foi o que aconteceu. Aquele foi o último gol da carreira de Seedorf. Em 2014 o jogador anunciou a sua aposentadoria para virar treinador do Milan. Era o fim de uma carreira vitoriosa. Mas sempre relembrada pelos fãs do futebol. Afinal de contas, o que é bom é para se lembrar.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 0 CRICIÚMA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 8 de dezembro de 2013 (Domingo)
Renda: R$ 522.105,00
Público: 28.340 pagantes
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Pablo Costa (MG)
Cartões amarelos: Rafael Marques (Botafogo) e Ewerton Pascoa, João Vitor e Serginho (Criciúma)
Cartões vermelhos: João Vitor (Criciúma)
Gols:
BOTAFOGO: Lodeiro aos 9 minutos do 1 º Tempo e Elias aos 23 e Seedorf aos 42 minutos do 2º Tempo

BOTAFOGO: Jéfferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Seedorf (Hyuri), Lodeiro e Rafael Marques (Lima); Elias (Bruno Mendes). Técnico: Oswaldo de Oliveira

CRICIÚMA: Galatto, Sueliton, Ewerton Páscoa, Matheus Ferraz e Marlon; Bruno Renan, Serginho (Luizinho Mello), João Vitor e Ricardinho (Leandro Brasília); Lins e Wellington Paulista (Douglas). Técnico: Argel Fucks

Fonte: Redação FogãoNET