A vitória do Botafogo de 1 a 0 sobre o Paraná deu para o gasto. Porém, o Alvinegro tinha condições de conseguir um resultado que lhe desse mais tranquilidade para a partida da volta. O Botafogo é mais time. Tem mais talento. Tem mais treinador e mais tradição. Porém, 1 a 0 é sempre perigoso quando vai jogar na casa do adversário. Era preciso ter ampliado esta vantagem pelo menos em mais um gol. Ainda mais porque os gols anotados como visitante não valem mais como critério de desempate.

O enrendo do filme contra o Paraná foi o mesmo do visto contra o Flamengo, porém, com um final um pouco mais feliz para a trama. Falo isso porque mais uma vez o time caiu muito de produção no segundo tempo e isso poderia ter tido um custo muito alto.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo

Preparação física do Botafogo precisa dar explicações

Longe de mim dar pitacos na preparação física do Botafogo. Não sou especialista no assunto. Mas tem sido senso comum a queda de produção do Botafogo na reta final das partidas. Portanto, é preciso que a preparação física dê a sua explicação para isso. Pois se é alguma estratégia, a considero bem arriscada. Se não for, é preciso rever o conceito o mais rapidamente possível.

Para a próxima quarta-feira há muito a se corrigir. O principal aspecto é melhorar o desempenho na reta final. Sem comprometer o primeiro tempo, logicamente. Faço minhas as palavras de Paulo Autuori após o jogo contra o Flamengo: “O jogo são 90 minutos. Fazer um tempo bom e outro ruim não dá.”