Carlos Eduardo Sangenetto
07/06/2017
Rio de Janeiro (RJ)

Juventude, habilidade e ofensividade são características do jovem meia Christian Alemán, de 21 anos, uma das atuais revelações do Barcelona de Guayaquil e destaque na fase de grupos da Libertadores. As boas atuações e o bonito gol contra o Botafogo, no Equador, chamaram a atenção de clubes brasileiros, mas o preço da promessa não é dos mais baratos.

Christian Alemán - Barcelona de GuayaquilAlemán se destacou na fase de grupos da Libertadores (Foto: Reprodução/Instagram)

Apesar das especulações de que Fluminense, Corinthians e Cruzeiro teriam interesse em contratá-lo, o empresário do jogador, Ivan Reyes, preferiu não dizer os clubes que iniciaram algum tipo de conversa. Segundo ele, nenhuma proposta foi oficializada e as sondagens também não agradaram.

– Há interesse, mas a intenção dos clubes brasileiros é um acordo por empréstimo com opção de compra e, assim, o jogador não será negociado. Ele vale 3 milhões de dólares (R$ 10 milhões) – revelou Reyes ao Boletim do C.E.

Estreia iluminada contra o Botafogo

Alemán chegou ao Barcelona-EQU em 2016 e fez sua estreia como titular na equipe guayaquilenha justamente contra o Botafogo. Foi ele quem inaugurou o placar no empate em 1 a 1, no dia 20 de abril, invadindo a área alvinegra e driblando Gatito Fernández.

Desde aquela noite, o meia tem recebido oportunidades como titular do técnico Guillermo Almada. No jogo de volta, no Nilton Santos, o garoto também começou jogando, mas sem o mesmo sucesso.

Christian Alemán foi um dos destaques do Barcelona de Guayaquil contra o BotafogoAlemán abriu o placar contra o Botafogo em Guayaquil (Foto: Reprodução/Instagram)

Alemán com o mesmo preço de Cifuentes

Vale lembrar que tanto Alemán como Cifuentes, artilheiro do Campeonato Equatoriano que despertou atenção do Botafogo, não devem ser negociados por empréstimo. Segundo seus empresários, o valor fixado para compra é o mesmo, os tais R$ 10 milhões.

O primeiro é uma promessa, até justifica o valor um pouco elevado, mas não pode jogar esta Libertadores por nenhum clube mais. O outro desponta como goleador no país e poderia jogar a principal competição sul-americana.

E aí, caro leitor. Algum deles vale a aposta?

Deixe sua opinião abaixo.

Saudações alvinegras!