Botafogo e Diego Cavalieri têm acerto encaminhado e o experiente goleiro, ex-Palmeiras e Liverpool, pode pintar como reforço para temporada 2019. Devido ao rico currículo e a qualidade técnica do atleta de 36 anos, os torcedores botafoguenses debateram nos últimos dias nas redes sociais qual seria o custo mensal do negócio para os cofres do clube. O Blog do Mansell, aqui no FOGÃONET, também discutiu esta questão.

Sem dar detalhes da negociação, um membro da diretoria alvinegra afirmou ao Boletim do C.E que o salário de Cavalieri seria “bem menor” em relação ao que ganhava nos anos em que defendeu o Fluminense (2011-2017). Na época, o arqueiro chegou a ter os vencimentos em torno de R$ 500 mil.

Após diferentes consultas a fontes ligadas ao Botafogo, a coluna foi informada que, caso a contratação seja confirmada, a remuneração para o reserva de Gatito Fernández seria de aproximadamente R$ 70 mil, valor semelhante aos holerites dos ex-técnicos Alberto Valentim e Marcos Paquetá, que comandaram o Fogão em 2018. Apesar do salário “modesto”, prevalece a vontade da família de ficar no Rio de Janeiro no fim da carreira do jogador, que já está na cidade para fechar os últimos detalhes com o Glorioso.

Paulistano, Diego Cavalieri publicou um vídeo no Rio de Janeiro nesta manhã (Foto: Reprodução/Instagram)