“Heroica”, “impressionante” e louvável”. Esses foram os adjetivos usados pelos jornalistas André Rizek, Lédio Carmona e Raphael Rezende ao analisarem, neste domingo, no SporTV, a campanha do Botafogo no primeiro turno do Campeonato Brasileiro-2019. Mergulhado em uma grave crise financeira, o Fogão derrotou o Atlético-MG na 18ª rodada, defendeu a 10ª colocação na tabela e está a apenas quatro pontos da zona de classificação para Libertadores.

No entanto, a proximidade com o G6 não significa, necessariamente, uma disputa firme por uma vaga na competição internacional em 2020. Enquanto Rizek vê o Fogão “vivo na briga”, Rezende faz ressalvas devido ao desempenho da equipe.

– Sabe quem está vivo na briga por Libertadores e isso merece muito da nossa atenção? É o Botafogo. De novo. É mais um ano que o Botafogo está brigando por vaga na Libertadores de forma surpreendente porque o clube está sem grana, com dificuldade para pagar conta de luz, conta de água, está há dois meses sem pagar ninguém, funcionário, jogador… Situação dramática, elenco enxuto, técnico novo e inexperiente no meio da temporada e, no entanto, o Botafogo está hoje a quatro pontos, com a vitória sobre o Galo, da zona da Libertadores. E essa zona ainda pode ficar mais inchada. Você pode ter o campeão da Copa do Brasil no G6, o campeão da Sul-Americana no G6, o campeão da Libertadores no G6, o que anima muita gente – comentou André Rizek.

Tabela do Campeonato Brasileiro 2019 | 18ª rodada

– Eu acho bem improvável e vou dizer o porquê. Os 26 pontos não indicam o que é o futebol jogado pelo Botafogo, inclusive hoje (domingo). Era um desempenho que levava a crer num predomínio do Atlético-MG até o lance do Rabello (pênalti e expulsão). Modifica totalmente o desenho do jogo, o time tem a vantagem, 11 contra 10 (…) É muito louvável em termos de pontuação, mas o time não engrena na forma de jogar – opinou Rezende em seguida.

E você, caro leitor? O que pensa sobre o time do técnico Eduardo Barroca? Dá para sonhar com vaga na Liberta ou o Glorioso deve ficar rondando a metade da tabela até o fim do Brasileirão? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

Fonte: Redação FogãoNET