Cenário desolador: futuro CT da base segue em ruínas

Compartilhe:

Um ano se passou, e o cenário em Marechal Hermes segue desolador. No dia 20 de setembro de 2012 foi lançada a pedra fundamental para dar o pontapé inicial na construção da “Escola de Futebol” para as divisões de base do Botafogo. E o que se vê atualmente são algumas pedras no chão, material de obra, e tudo com sinais de abandono. Da entrada prinicipal até o caminho para o terreno onde ficam os campos e as instalações, nenhum funcionário foi visto. 

Logo ao avistar os campos, a impressão é das piores: grama alta e uma espécie de barraca no meio. Ao andar pelo local, há material de obra, entulhos, como nos banheiros; algo bem lento para a previsão de término da construção, que era o fim deste ano. 

marechal hermes botafogo (Foto: Diego Rodrigues)
Grama alta e campos pouco cuidados no local do futuro CT do Botafogo (Foto: Diego Rodrigues)

O projeto divulgado inclui construção de dois campos oficiais, quadra de futsal, estrutura escolar para que os atletas se desenvolvam e um alojamento na área de cerca de 50 mil metros quadrados. O orçamento é de R$ 15 milhões. O investimento inicial será feito pelo próprio clube, mas há a possibilidade de parceiros para o custeio da obra. Em 2012, o presidente do clube, Maurício Assumpção, chegou a explicar, otimista:

– O diário oficial já deu a permissão de uso do Botafogo por 20 anos mais 20. Ou seja, pelos próximos 40 anos nós vamos utilizar este espaço. Daremos uma contrapartida, já que teremos um projeto de atividade esportiva para 300 crianças do entorno. O processo de autorização para demolição também já está encaminhado. Acreditamos que vamos conseguir iniciar as obras em breve. A previsão para finalização da obra é o fim de 2013. 

Sobre o atraso, o Botafogo justificou que ainda depende de autorizações da prefeitura do Rio de Janeiro para dar seguimento ao trabalho.

“O Botafogo de Futebol e Regatas informa estar atendendo rigorosamente a todas as exigências solicitadas referentes aos processos de demolição e construção da Escola de Futebol, em Marechal Hermes, junto à Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU). O Botafogo F.R. aguarda o andamento do processo por parte da Prefeitura”

CT Marechal Hermes (Foto: Divulgação)
Projeto de como ficará a “Escola de Futebol” em Marechal Hermes (Foto: Divulgação)

Frutos da base em 2012

Enquanto o problema não se resolve, as categorias de base do clube seguem instaladas no Caio Martins, que recebeu uma pequena reforma para receber os atletas. As promessas, aliás, têm sido uma saída para o Alvinegro. Jogadores como Dória, Sassá, Gabriel, Vitinho, Jadson e Gilberto ajudaram o time a fazer boas campanhas nos campeonatos que disputa na atual temporada, como o título carioca, a segunda posição no Brasileiro e a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.

A diretoria acredita que Marechal Hermes é uma localização privilegiada para receber os jovens, já que há mais segurança por ser uma área militar, e o transporte é facilitado por causa da estação de trem próxima e do grande número de linhas de ônibus.

Confira mais fotos de Marechal Hermes:

General Severiano_Marechal Hermes Botafogo (Foto: Diego Rodrigues)Banheiro tem pedras no chão (Foto: Diego Rodrigues)
marechal hermes botafogo (Foto: Diego Rodrigues)
Material para obras e até uma pipa foram encontrados no local (Foto: Diego Rodrigues)
marechal hermes botafogo (Foto: Diego Rodrigues)
Mais sinais de destruição no local do futuro CT (Foto: Diego Rodrigues)
marechal hermes botafogo (Foto: Diego Rodrigues)
Nenhuma mudança aparente desde lançamento da pedra fundamental em 2012 (Foto: Diego Rodrigues)
marechal hermes botafogo (Foto: Diego Rodrigues)
Uma kombi do para futebol amador permanece em Marechal (Foto: Diego Rodrigues)
marechal hermes botafogo (Foto: Diego Rodrigues)
Grama alta chega cobrir parte das traves que ainda estão no campo (Foto: Diego Rodrigues)


Fonte: Globoesporte.com
Comentários