Companheiro de Yaya Touré por cinco anos no Manchester City, o volante Fernandinho concedeu entrevista ao Esporte Interativo e disse estar na torcida pelo acerto do volante marfinense com o Botafogo. Com mais de 50 jogos pela Seleção Brasileira, Fernandinho disse que o Alvinegro vai acertar em cheio ao trazer o experiente atleta de 36 anos.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

– A ida do Yaya para o Brasil dá um outro charme para o Campeonato Brasileiro. O Botafogo vai ter acertado em cheio. A qualidade técnica dele é indiscutível, mas é um cara fácil de conviver com ele, sabe? É muito parecido com nós, brasileiros. Gosta de estar no campo, treinando, jogando, e sem dúvida vai agregar bastante no grupo de jogadores do Botafogo, assim como foi durante todo esse período que esteve aqui – afirmou Fernandinho.

O brasileiro atuou ao lado de Yaya Touré entre 2013 e 2018 e ambos conquistaram, juntos, dois títulos da Premier League, três Copas da Liga e uma Supercopa. Fernandinho imaginou o marfinense atuando como um camisa 10 e que, assim, iria “deitar” no futebol brasileiro. Para a posição, vale lembrar, o Botafogo trouxe outro astro do futebol mundial, o japonês Keisuke Honda.

– Independente da idade que esteja hoje, ele tem muita condição de poder jogar bem no Brasil, jogar bem no Botafogo. Outro dia estava conversando com o Gabriel (Jesus), se não me engano, falando: “Imagina, você coloca o Yaya como 10 ali, e dois volantes que possam correr por ele, ele vai deitar lá e vai fazer muita coisa que a gente não vê hoje em dia no Brasil.” Aquela arrancada que ele dá com a bola, os passes, a visão de jogo, qualidade na batida da bola, seja em faltas, em pênaltis… Ele tem uma visão muito diferenciada em relação ao futebol, ao jogo em si. Sem dúvida nenhuma, se ele fechar no Brasil vou ficar muito feliz por ele, principalmente pelo Botafogo que estará contratando um excelente jogador – completou Fernandinho.

O Botafogo segue na expectativa pelo marfinense e aguarda a reposta do volante, que estava no futebol chinês.

Assista ao vídeo abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET e Esporte Interativo