A decisão da TV Globo em transmitir todos os jogos do Flamengo na fase de grupos da Copa Libertadores gerou revolta no Botafogo. A decepção, inclusive, foi externada nos jogos do Alvinegro no Maracanã, quando os torcedores xingaram insistentemente a emissora. E a insatisfação dos botafoguenses gerou uma mudança na grade de programação da televisão aberta, que “desistiu” do Rubro-negro para a última rodada com o objetivo de televisionar a partida do time de General Severiano.

O resultado final é que San Lorenzo-ARG x Botafogo trocou de horário com Flamengo x León-MEX e será disputado às 22h, no dia 9 de abril. Já a partida do Rubro-negro, no Maracanã, no mesmo dia, foi antecipada para às 19h45. A mudança, no entanto, não amenizou a crise com os botafoguenses e ainda por cima gerou insatisfação na Gávea.

Pelo lado do Botafogo, a decisão da Globo quase não mudou a opinião da torcida. Pelo contrário. Alguns torcedores fazem campanha para que os alvinegros que não forem ao jogo assistam à partida na Fox Sports, blindando a audiência da emissora carioca.

No Flamengo, a questão envolve a mudança no horário do jogo, que foi antecipado. Assim, muitos torcedores utilizaram as redes sociais para reclamar, alegando que não poderão ir ao confronto por outros compromissos.

“Isso não partiu da Conmebol, mas da televisão. Eles que fizeram a mudança e chegaram ao consenso. Globo e Fox decidem juntas o que vão transmitir. Sei que o Botafogo queria passar a partida desta quarta, contra a Unión Española para às 22h, mas não aconteceu por falta de tempo e interesse também”, disse Hildo Nejar, representante da Conmebol no Brasil.

A decisão da Globo em mudar a sua grade de transmissão foi surpreendente. No início da fase de grupos, a assessoria de imprensa da emissora manteve contato com o UOL Esporte e minimizou a insatisfação dos botafoguenses, alegando que a opção de transmitir os jogos do Flamengo se deu porquê o Alvinegro ainda teria que confirmar sua participação na competição quando os horários foram definidos.

Em situação delicada na Libertadores, o Flamengo precisa somar ao menos quatro pontos nos dois últimos jogos para avançar às oitavas de final – nesta quarta, às 22h, visita o Emelec-EQU, em Guayaquil. Já o Botafogo, vive situação inversa e pode assegurar classificação e primeira posição do grupo 2 com uma rodada de antecedência caso vença a Unión Española-CHI, às 19h45, no Maracanã.

Fonte: UOL