Emissários da nova diretoria do Botafogo foram ao Engenhão nesta quarta-feira para conversar com os jogadores. Segundo o site Globoesporte.com, o bate-papo com o goleiro Jefferson foi animador. Com sondagens de São Paulo e Palmeiras, o camisa 1 revelou o desejo de ficar no clube em 2015, mesmo na Série B, caso haja um acordo financeiro.

Jefferson tem contrato até dezembro de 2015 e recebe um salário de aproximadamente R$ 300 mil, e como está valorizado está previsto um reajuste salarial para o próximo ano. Segundo o portal, Jefferson deixou claro que uma vitória da Chapa Azul – de Carlos Thiago Cesário Alvim – inviabilizaria sua permanência. Ele ficou muito insatisfeito com a atitude de Carlos Augusto Montenegro, apoiador do grupo, que afirmou que Jefferson dificilmente ficaria por conta do seu alto salário.

Fonte: Globoesporte.com