O presidente Carlos Eduardo Pereira já elegeu uma prioridade no processo de reconstrução e de volta ao Botafogo à elite. É o goleiro Jefferson. Com contrato até o fim de 2015, ele não tem permanência garantida no clube, mas o mandatário planeja mantê-lo.

– Todas as declarações do Jefferson foram no sentido que tem uma ligação muito grande. Voltou a ter boa atuação, fez grandes defesas. É nosso principal valor e ídolo. É um elemento fundamental para começarmos o planejamento com o pé direito. Desfazer do ídolo é uma péssima sinalização. Vai haver todo o empenho para que o Jefferson seja o nosso goleiro e da Seleção Brasileira em 2015 – garantiu, à Rádio Tupi.

Fonte: Redação FogãoNET