O clima no Botafogo não é nada bom. Além da má fase da equipe que está virtualmente rebaixada para a Série B do Brasileirão, os jogadores do clube não se entendem. Durante o coletivo desta quinta-feira disputado no Engenhão, o meia Gegê e o atacante Yuri Mamute que trocaram agressões físicas, dpois de um desentendimento na atividade.

Mamute estava jogando pela equipe titular, enquanto o meia atuava pelos reservas. Gegê foi quem mais ficou exaltado e chegou a tentar um soco, mas acabou separado por companheiros. Quando tudo parecia mais calmo, os dois voltaram a discutir e tiveram que ser separados de novo.

Neste domingo, o Botafogo enfrenta o Santos, na Vila Belmira, em confronto pela 37ª rodada do Brasileiro.

Fonte: O Dia Online