Preocupado com o elenco enxuto e a preparação física do Botafogo, o técnico Vagner Mancini lamentou a perda de jogadores por lesão em sequência. Recém-contratado, Carlos Alberto, por exemplo, teve uma lesão constatada e só volta após a Copa do Mundo. Airton passou mal no intervalo do jogo com o Vitória em Macaé e teve de ser substituído, bem como Bolatti, que saiu com dores.

– Tenho visto a dedicação deles, o Botafogo não se entrega mais porque não consegue se entregar mais nesse momento. Infelizmente tive que tirar o Airton, sentiu-se mal, vomitou no intervalo, a saída dele deu uma desarrumada no setor de marcação. A entrada do Sassá não foi o que esperávamos. Quando necessitávamos mexer, tive que fazer tosds as substituções por necessidade. Faltam peças – disse o treinador, completando em seguida:

– A capacidade do time para realizar o que eu peço não é suficiente, não foi só hoje. Não estou direcionando isso para ninguém, mas o trabalho para a equipe jogar do jeito que eu quero terá que ser refeito durante a parada para a Copa do Mundo. Estamos correndo contra o tempo, tentando somar pontos e a cada dia que passa perco mais jogadores, e as peças que tenho não estão à altura. Diante desse quadro, não estou sonhando em repetir a equipe, estou sonhando apenas em ter todos os atletas que eu tive à disposição aqui de novo lá em Presidente Prudente, contra o Palmeiras.

Fonte: Redação FogãoNET