Grande personagem da vitória do Botafogo sobre o Palmeiras por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Presidente Prudente, o atacante Emerson Sheik voltou a ser exaltado pelo técnico Vagner Mancini. O treinador alvinegro encheu a bola do camisa 7, que não marcou dessa vez, mas sofreu a falta que gerou a expulsão de Wesley.

– A torcida do Botafogo tem que se sentir orgulhosa de ter o Emerson no seu time, porque o atleta com dois minutos de jogo sentiu uma lesão e jogou a partida inteira, não quis sair, disse que iria até onde desse, e acabou jogando os 90 minutos. É um atleta dedicado, leva ao adversário sempre muita preocupação. Seria fundamental a sua boa atuação hoje, e ele fez isso com maestria – disse.

Emerson Sheik não poderá enfrentar o Corinthians, no próximo domingo, no Itaquerão, devido a uma cláusula em seu contrato de empréstimo que o impede de jogar contra seu ex-clube. “Aproveitando” a oportunidade, ele recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Palmeiras e terá de cumprir suspensão automática no domingo, zerando sua série.

Fonte: Redação FogãoNET