Emerson Sheik voltou a polemizar. No primeiro tempo, ele discutiu com Lúcio e recebeu o terceiro cartão amarelo, enquanto o zagueiro palmeirense saiu ileso. No intervalo, o atacante do Botafogo explicou o ocorrido e criticou a postura do rival.

– Com ele é normal. É considerado mau-caráter e desleal no meio do futebol, para ele é normal jogar assim. Serve muito para quem tem opção sexual bem definida. Além do caráter duvidoso, ainda é preconceituoso. Me chamou de gay, o que não é o meu caso, como se isso fosse um monstro – declarou no intervalo.

Fonte: Redação FogãoNET