A diretoria do Botafogo pode anunciar uma contratação de impacto durante a paralisação do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. Trata-se do atacante Robinho, que está de saída do Milan. O empresário do jogador, Vitor Leal, estaria mantendo conversações há alguns dias com o presidente Maurício Assumpção, mas a transação vinha sendo mantida em sigilo por conta da delicada situação financeira do Glorioso, que deve dois meses de salários aos jogadores.

Maurício Assumpção conseguiu no início da semana liberar uma verba de direitos de transmissão para pagar os salários dos funcionários. A ação contou com a ajuda de sindicatos e a estratégia será repetida para que na próxima semana seja colocada em dia a questão salarial do elenco. Com isso, o dirigente passa a ter caminho livre para negociar com reforços.

O presidente do Botafogo conta com um fundo de investimento para conseguir comprar os direitos federativos de Robinho, que tem vínculo com o Milan até 2015. O fundo é o mesmo que ajudou o Glorioso a contratar o uruguaio Lodeiro em 2012 e vendido recenemente ao Corinthians.

Outro fator que pesa favoravelmente ao Botafogo é que o atual técnico do Milan é Clarence Seedorf, que foi jogador do Botafogo até o ano passado.

O bom relacionamento entre o holandês e Maurício Assumpção tem ajudado o presidente na tentativa de anunciar um reforço de peso. “O próprio Seedorf era um sonho né? E vestiu a camisa do Botafogo”, disse uma fonte ligada à diretoria do Botafogo à reportagem.

O desfecho da situação deve acontecer durante a Copa do Mundo. “Conversei com o Botafogo e eles disseram que gostariam de ter Robinho, mas que teria essa dificuldade financeira. Depende de dinheiro de investidor, até porque é preciso comprá-lo do Milan. Tenho mantido contato com o Botafogo e estou buscando isso com investidores. Já tenho algo em vista e espero ter uma solução antes do fim da Copa do Mundo – disse Vitor Leal, em entrevista ao diário LANCE! do Rio de Janeiro.

Fonte: Gazeta Press