Alex ressurge no Botafogo e entra na briga por vaga no ataque

Compartilhe:

O último jogo de Alex com a camisa do Botafogo havia sido no dia 4 de dezembro de 2011, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, depois de superar até uma cirurgia cardíaca, ele voltou a defender o clube no confronto com o Figueirense, em Florianópolis, pela Copa do Brasil.

Apesar de ter entrado apenas no segundo tempo do jogo, Alex ainda foi escalado para ser o sexto nas cobranças de pênaltis, com sucesso. Com passagens por Joinville-SC e Dibba, dos Emirados Árabes, o atacante, de 23 anos, é visto com bons olhos pelo técnico Oswaldo de Oliveira.

– Esperei até um pouco mais para o Alex entrar por esse percurso tão difícil que vem apresentando. Como ele tem a característica que eu precisava fiz com que entrasse. Agora, quebrou o gelo e, daqui para frente, com treino e repetição de jogos, vai estar cada dia melhor – analisou Oswaldo.

Alex não atuava desde o dia 25 de maio deste ano, quando defendeu pela última vez o Dibba, que acabou rebaixado para a Segunda Divisão dos Emirados Árabes. O jogador foi revelado nas categorias de base do Botafogo, mas vinha sendo emprestado para ganhar rodagem.

A disputa por posição no ataque é complicada. O titular é Rafael Marques, e Oswaldo tem ainda Elias, Henrique e Sassá à disposição. Antes considerado xodó da torcida, Bruno Mendes sequer vem sendo relacionado e deve ser negociado com algum clube brasileiro.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários